Termografia - Deteção de desequilíbrios e sobrecargas elétricas | energia.pt

Eficiência Energética

deteção de desiquilíbrios e sobrecargas elétricas

O desequilíbrio elétrico pode ter várias causas, como um problema de alimentação, a tensão menor numa das fases ou uma falha de isolamento interno dos rolamentos de um motor.

A degradação das ligações pode ser causada até mesmo por pequenos desequilíbrios na tensão, que reduzem a tensão fornecida e levam os motores e outros equipamentos a “puxar” uma corrente excessiva e a fornecer um torque menor (ocasionando stress mecânico), apresentando falhas prematuras. Um desequilíbrio maior pode ocasionar a queima de um fusível, reduzindo a operação a uma só fase. Entretanto, a corrente desequilibrada será encaminhada, originando custos pela energia reativa produzida.

Qual é o custo em potencial das falhas?

As falhas dos motores resultam normalmente de desequilíbrios de tensão. O custo total da falha será o somatório do custo do motor, do custo da mão-de-obra exigida para a substituição do mesmo, da produção perdida devido à desigualdade do que foi produzido, da operação da linha e da receita perdida durante o período que a linha permanecer inativa.

Elimine os prejuízos, prevenindo-os!




Termografia

A temperatura das ligações desta bomba evaporadora apresentava-se 50º acima do normal, na fase C.

contate-nos

Realizamos um estudo para adequar a solução à sua necessidade. Contacte-nos para que o possamos ajudar!

contacte-nos

«Nos termos da obrigação imposta pela Lei nº 144/2015 de 8 de Setembro, em caso de litigio decorrente dos nossos serviços, não nos oporemos ao recurso à Resolução Alternativa de Litígios de Consumo, mas participaremos na escolha da entidade que procederá nesse sentido por o nosso sector de actividade não ter nenhuma entidade especialmente vocacionada»
CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo
Certificação Ar Condicionado
Fonte: Fluke, Guia de aplicações da termografia à manutenção industrial.